Bate e Volta de Sampa – Embu das Artes, a charmosa terra dos artistas

Oi gente, tudo bem?

Hoje inauguramos a seção Bate e Volta de Sampa, para mostrar o que tem de bacana próximo a cidade de São Paulo e que dá para visitar em um dia (ou se quiser mais tranquilidade, em um final de semana).

Assim, se você mora por aqui ou está visitando a cidade, também pode aproveitar para conhecer esses outros lugares super bacanas.

Ah, não conhecemos tudo ainda, então, se você tiver sugestões, escreva no comentário no final deste artigo 🙂

Embu das Artes

Estreamos a seção com uma cidade pequena, charmosa, turística e considerada terra dos artistas. Estamos falando de Embu das Artes, distante uns 30 km de Sampa, aproximadamente a uma hora de carro. Dá para ir e voltar no mesmo dia.

A cidade encanta por causa da arquitetura típica dos tempos do Brasil Colônia e todo tipo de arte espalhada pelo centrinho histórico.

O que fazer em Embu das Artes

A principal atração de Embu das Artes é o centro histórico, onde você encontrará o Largo Vinte e Um de Abril, local que recebe a feira de arte e artesanato, que atrai entre 15 e 30 mil visitantes todos os finais de semana e feriados.

Em torno de 800 artistas/expositores estão cadastrados na prefeitura, então dá pra imaginar o tamanho da feira.

Além dessa feira, existem barraquinhas e lojas nas ruas de pedestres do entorno (Rua Joaquim Santana, Rua Boa Vista e Travessa Marechal Isidoro Lopes) e lojas nas ruas abertas a circulação de carros (Rua Belo Horizonte, Rua Domingos de Pascoal e Rua Siqueira Campos). Elas vendem de tudo um pouco, mas sempre com toque artístico que dá fama à cidade.

Os itens mais encontrados são mobílias de madeira rústica, decoração feita de ferros e madeira, cabideiros, ganchos, quadros com frases e desenhos retrô, pinturas, cestos e caixas de vime, bijuterias…

Nós fomos em busca de decoração para nossa casa, então não olhamos todas as lojas. Dessa vez as lojas que mais gostamos foram:

A Baronesa Artesanato

Na loja A Baronesa você encontrará itens de decoração, a maioria feita de madeira ou ferro. Tudo é muito colorido e alegre.

Rua Joaquim Santana, 93

King Artesanato

A loja King Artesanato vende itens semelhantes à loja A Baronesa, porém em um espaço um pouco menor. Tem peças que podem ser encomendadas se você quiser um pouco mais personalizada.

Largo dos Jesuítas, 70

Casa Jabuticaba

Já falei que sou viciada em Jabuticaba? Então, na Casa Jabuticaba tem geléia da fruta e… vinho de jabuticaba 😀 Claro que eu comprei…

Rua Boa Vista, 77 e Rua Nossa Senhora do Rosário, 42

Atelier Leonidas

No Atelier Leonidas você encontrará lindos quadros e pinturas. Nós quase levamos pra casa esse aí com os pontos turísticos de São Paulo… Faltou o $$ hehehe

Rua Nossa Senhora do Rosário, 71

Pino Giacobini Artes

Loja de decoração vintage, com temas variados e destaque aos itens de carros e motos. Tem uns quadros bem legais a preços ótimos, a partir de R$ 20,00.

Rua Nossa Senhora do Rosário, 86

Empório King

Loja com bastante itens do Divino Espírito Santo, cabideiros de vários tipos e tamanhos e outros elementos decorativos.

Rua Joaquim Santana, 41

Viela das Lavadeiras

Andando pela rua de pedestres, você vai se deparar com a singular Viela das Lavandeiras, que é muito charmosa. É uma viela íngreme e bem estreita, que liga a parte mais alta do centro histórico (Rua Boa Vista) a parte baixa (Rua Siqueira Campos).

Na viela você encontra lojas lindas de decoração e móveis, restaurante, música ao vivo e pinturas belíssimas nas paredes que geram filas para tirar fotos.

Na Rua Siqueira Campos, aos domingos, tem feira de flores e plantas ornamentais.

Largo dos Jesuítas

O centro histórico de Embus das Artes também tem algumas opções de museus que você pode visitar, como o Museu de Arte Sacra dos Jesuítas. Fica no Largo dos Jesuítas, junto a feira de arte e artesanato.

Muito fácil de encontrar pois é ponto de referência. Em um dia de passeio você passará algumas vezes por ele.

Onde comer em Embu das Artes

São várias opções de restaurantes no centro histórico, desde de comidas brasileiras caseiras até alemã e japonesa. E a maioria dos restaurantes tem música ao vivo, afinal estamos na terra dos artistas.

Muitos restaurantes oferecem a opção de mesas ao ar livre, mas nem todos tem ar condicionado na área interna, o que é um ponto negativo para o calor que faz lá no verão. Em compensação, o atendimento é muito gentil e atencioso.

Nós experimentamos os seguintes lugares:

O Casarão restaurante e choperia

Como o nome já diz, o restaurante fica em um antigo casarão. Serve almoço e jantar com opções de pratos individuais, para dois ou tamanho família. A noite também é servido pizza.

A comida é boa e pratos bem servidos, o único porém é o atendimento que é muito lento, então, vá sem pressa para comer.

Minha sugestão é provar o bolinho de abóbora e carne seca, é uma delícia, bem sequinho e a porção é generosa.

Preços dos pratos: Entre R$ 23,90 a R$ 135,00 e as bebidas de R$ 4,00 a R$ 78,00.
De quinta e sexta, das 17h a 1h e de sábado e domingo, das 12h a 1h.
Endereço: Rua Joaquim Santana, 12 – centro.

Bolaria Melhor Pedaço

Uma ótima pedida para um café da tarde com opções de bolos caseiros sem conservantes, sobremesas, salgados e cafés. E também serve almoço nos finais de semana.

Endereço: Largo 21 de Abril, 181 – centro.
De terça a domingo, das 10h às 19h.
Preços dos bolos e salgados: Entre R$ 3,50 a R$ 28,00 e as bebidas de R$ 4,00 a R$ 10,00. Almoço combo por R$ 35,00.

Onde se hospedar em Embu das Artes

Não ficamos hospedados em Embu das Artes, fizemos o bate e volta no mesmo dia, mas vimos pousadas charmosas por lá. Você pode pesquisar as opções, preços e disponibilidade aqui no Booking.comHoteis.com ou Trivago.

Quando visitar Embu das Artes

Você pode visitar a cidade durante o ano inteiro, em qualquer dia da semana. Agora, se você pretende conhecer e fazer compras na feira de arte e artesanato, ela só acontece aos finais de semana e feriados, das 9h às 18h.

Domingo é quando a maioria dos turistas visitam a cidade, então tudo fica super cheio, os estacionamentos, as ruas, as lojas e os restaurantes. Aos sábados o movimento é menor, melhor pra quem não curte muvuca.

Como chegar em Embu das Artes

Embu das Artes fica aproximadamente 30km de São Paulo. Para chegar lá a melhor opção é pela Rodovia Régis Bittencourt (BR 116). Você pode estacionar na rua mesmo ou em estacionamento, que custa entre R$25,00 e R$ 35,00 a diária.

#FicaADica sobre Embu das Artes

1- Dá pra cansar as pernas de tanto andar, então a dica é ir com roupas e calçados confortáveis. Amigas, querem uma dica? Cuidado com o salto, pois as ruas são de paralelepípedos 😉

2- Levar dinheiro para as compras ajuda na hora de negociar os preços, mas a maioria das lojas aceita pagamento com cartão de débito e crédito. Caso precise sacar dinheiro, vimos vários caixas eletrônicos do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Caixa Econômica.

Então é isso, está inaugurada a seção Bate e Volta de Sampa. Você vai amar as próximas dicas!!

Segue a gente nas redes sociais Facebook, InstagramTwitter e Youtube.

Conte nos comentários qual seu lugar preferido para um Bate e Volta de Sampa e use a hastag #MeLevaDeLeve nas redes sociais para nos mostrar esse lugar.

Até a próxima 😉
Bjs,
Ju

Salve estas dicas na sua pasta de Bate e Volta de Sampa no Pinterest. É só clicar na imagem abaixo e quando você precisar destas informações vai ficar mais fácil de achar 🙂

Comente à vontade :)