SESC São Paulo promove o Festival de Turismo Mulheres no Mapa

Vem aí o Festival de Turismo Mulheres no Mapa, promovido pelo SESC SP. O evento vai acontecer entre 21 de outubro e 6 de novembro nas unidades do SESC da capital paulista, grande São Paulo, interior e litoral.

O tema do evento é o protagonismo feminino na atividade turística, que jé tem muitos nomes de destaque como Hilda Hilst, Lina Bo Bardi, Tarsila do Amaral, Ema Klabin e Tomie Ohtake.

festival-de-turismo-mulheres-no-mapa-sesc-sp

Durante o evento serão realizadas diversas atividades sob o tema “Mulheres no mapa” como exibição de filmes e documentários, oficinas, bate-papos, roteiros de excursões e passeios, intervenções artísticas, palestras e muito mais. Confira a programação completa no site do evento ou baixe o arquivo clicando aqui.

Algumas das atividades:

5 motivos para você assistir a comédia musical Forever Young

Você já parou pra pensar como e onde você estará em 2050, daqui a 34 anos? Você gostaria de ser Forever Young (eternamente jovem)? E você já parou para pensar que seus avós, ou mesmo os seus pais, já foram jovens e que eles devem ter algumas boas histórias para contar? Pois é, talvez eles curtam um bom e velho rock ‘n’ roll.

É exatamente esse o tema do musical Forever Young, que assistimos na última semana, aqui em São Paulo.

Me Leva De Leve - São Paulo - Musical Forever Young

A peça foi escrita pelo suíço Erik Gedeon e fez muito sucesso na Europa e Argentina. Agora vai rodar por algumas cidades do Brasil, e tem como direção geral Jarbas Homem de Mello e produção de Benjamin Produções e Chaim Produções.

A peça foi simplesmente sensacional, rimos muito e nos emocionamos também. Por isso, elencamos 5 motivos pelos quais você deve ir assistir essa comédia musical.

1. A história no musical Forever Young

A história se passa no ano de 2050 em um teatro que foi transformado em retiro para artistas. Ali vivem seis grandes atores, com idade média de 90 anos.

Eles são cuidados por uma enfermeira que os trata com muito carinho, quase como se fossem crianças, mas quando ela se ausenta os quase centenários se revelam.

Foto Paprica Fotografia
Foto Paprica Fotografia

Cada ator interpreta a si mesmo no futuro, mostrando de forma bem-humorada que apesar das limitações motoras causadas pela idade avançada, eles ainda tem muita juventude. Com muito rock ‘n’roll esses senhores vão revelando lembranças de suas juventudes e se divertindo, até a enfermeira voltar e interromper a diversão.

2. Músicas

Além dos diálogos, no Forever Young rola muita música, afinal é um musical. Sempre que a enfermeira se ausenta, esse grupo de idosos manda ver no rock/pop. Você vai amar os hits que fazem parte desse musical.

Já avisamos que vai ser difícil não cantar junto com esses quase centenários. Entre os hits que vão dos anos 60 aos mais atuais estão “I Got You Babe”, “Barbie Girl”, “I Love Rock and Roll”, “I will Survive”, “Smells Like a Teen Spirit”, “Let It Be”, “Imagine”, “Light My Fire” e entre tantos outros. É claro que não poderia faltar a música “Forever Young”.

Foto Paprica Fotografia
Foto Paprica Fotografia

Para a versão brasileira foram introduzidas algumas canções em português também. As músicas vão sendo introduzidas no decorrer dos diálogos, abordando temas de exclusão, amor, saudades e aventuras que fizeram parte da história de cada personagem.

3. Os personagens do musical Forever Young

O elenco do musical Forever Young é um espetáculo, com um trabalho corporal e de voz incrível. Afinal de contas eles precisam trazer para os personagens as dificuldades motoras, expressões faciais e voz de uma pessoa de 90 anos.

Alguns atores são bem conhecidos do grande público, como Carmo Dalla Vecchia. Um senhor solitário, bem humorado, que tem como companheiro um peixe e adora rock’n’roll.

Carmo Dalla Vecchia - Foto Paprica Fotografia
Carmo Dalla Vecchia – Foto Paprica Fotografia

Fafy Siqueira é a enfermeira que toma conta de seus grandes ídolos, escreve músicas infantis e fúnebres para cantar para eles. Apesar do carinho, ela acaba se irritando algumas vezes. Sua presença é gargalhada garantida.

Fafy Siqueira - Foto Paprica Fotografia
Fafy Siqueira – Foto Paprica Fotografia

E Claudia Ohana, que infelizmente não estava quando fomos e foi substituída por Naíma. É uma diva do teatro que sofre com o Alzheimer e sempre acha que está encenando alguma peça. O tempo todo ela se curva para agradecer a platéia, que retribui com aplausos. Ela é delicada, meiga e vive no retiro com seu marido Jarbas.

O elenco também é composto por atores bem conhecidos dos palcos de teatros e musicais, como Naíma.

Jarbas Homem de Mello e Naima - Foto Paprica Fotografia
Jarbas Homem de Mello e Naíma – Foto Paprica Fotografia

O Jarbas Homem de Mello é apaixonado por sua esposa e é um artista versátil que foi mágico, sapateador, equilibrista e performer. Já com algumas dificuldades de mover uma das pernas, se esforça para agradar a amada. Mesmo com sua doçura ele lidera o bando de velhinhos do retiro na hora do rock.

A Paula Capovilla é uma velhinha bem resolvida. Desbocada, mas com grande coração, quando jovem foi ativista e seu lema era “sexo, drogas e rock’n’roll”. Não tem muita paciência para o mimimi e manda ver nos palavrões tanto quanto canta maravilhosamente bem.

Paula Capovilla- Foto Paprica Fotografia
Paula Capovilla- Foto Paprica Fotografia

O Marcos Tumura é um japonês bem na dele, estilo hippie, mal humorado e de bom coração. Na juventude, além de ator, foi roqueiro.

Marcos Tumura- Foto Paprica Fotografia
Marcos Tumura- Foto Paprica Fotografia

E tem o pianista que convive com esses atores, Miguel Briamonte. Ninguém entende o que ele fala, ele se comunica com os outros por meio de olhares e gestos. Ou tenta, pois nem sempre é compreendido. Então sua música acaba se tornando a sua voz e faz a alegria dos seus amigos.

Miguel - Foto Paprica Fotografia
Miguel Briamonte – Foto Paprica Fotografia

Cada personagem tem muita personalidade e nada de estereótipos de idosos. Talvez você se reconheça em um deles, ou alguém que você conhece. Ótimos atores, pena que o musical só dura uma hora e meia. Queria muito mais, poderia ser tipo seriado.

4. A mensagem

A mensagem de Forever Young é uma reflexão sobre a exclusão social dos nossos idosos. De uma forma humorada o musical mostra as dificuldades enfrentadas diariamente por essas pessoas, nos lembrando que um dia também vamos ser esses idosos e que precisamos estar preparados para aproveitar esse momento.

Foto Paprica Fotografia
Foto Paprica Fotografia

O musical nos trouxe outra visão sobre a velhice, reflexões para o que estamos fazendo hoje e o que nos espera daqui a uns 40 anos.

Então bora preparar o corpitcho voltando para a academia já, cuidando também da mente, pois tem muito lugar para conhecer por esse mundão.

Me Leva de Leve - Viagem Jaisalmer India (5)
Rajastão na India {2007}

5. Você vai rir e se emocionar

Se prepare para rir muito durante esse musical, mas não esqueça de levar o lencinho para enxugar as lágrimas. Tá certo que você vai rir muito mais do que chorar, afinal é uma comédia musical. Mas tá avisado.

Foto Paprica Fotografia
Foto Paprica Fotografia

Nos diálogos e no roteiro musical os assuntos são abordados de uma forma muito inteligente. Muitas vezes nos sentimos vivenciando aquele momento junto com o personagem.

Quer ter um gostinho a mais? Então confira um trechinho do musical no vídeo.

                                     

Então é isso senhoras e senhores viajantes, se estiver em Sampa até dia 30 de outubro já sabe o que incluir na sua programação. Corre lá para assistir que a temporada é curtíssima e bora aproveitar a vida que o tempo passa rápido demais. Me Leva De Leva eternamente jovem.

Importante saber

Endereço: Teatro Fecomércio – Sala Raul Cortez, Rua Dr. Plínio Barreto, 285, São Paulo – SP.
Quando:
De 05 de maio a 02 de julho de 2017.
Horários: Sextas às 21h30; Sábados às 21h e Domingos às 15h e 18h.
Duração: 1h40.
Ingressos: Sexta R$ 80,00. Sábado R$ 90,00. Domingo na sessão das 15h R$ 50,00 e na seção das 18h R$ 80,00. A venda na bilheteria do teatro e online no site www.compreingressos.com
Classificação etária: 10 anos.
Como chegar:
De carro: Siga o endereço indicado acima. Estacionamento R$ 20,00.
De ônibus: Linhas 8610-10, 8605-10, 6913-10, 6505-10, 6500-10,6475-10, 6450-10, 6451-10, 6451-21, 6403-10, 6400-10,6291-10, 6200-10, 609F-10, 609F-21 e N701-11.
De metro: Linha verde – estação Trianon Masp (andar 850m) ou Linha vermelha – estação Anhangabaú (andar 1,9km).
Fotografar e Filmar: É proibido durante o musical.

Mais informações: Facebook.com/ForeverYoungOMusical 

DICA: Sugestão de roteiro em São Paulo, confira aqui o roteiro de 4 dias.

Documentário “América Selvagem, Uma Aventura pelos Parques Nacionais”

Ontem participamos do lançamento no Brasil do documentário “América Selvagem: Uma Aventura pelos Parques Nacionais”, a convite do Brand USA.

Com direção de Greg MacGillivray e roteiro de Tim Cahill, o filme de aventura foi produzido em parceria com o Brand USA e apresentado globalmente pela Expedia e Subaru, para comemorar os 100 anos dos parques nacionais.

7 motivos para você assistir o musical Wicked no Brasil

 

Neste último final de semana fomos assistir aqui em São Paulo o musical Wicked – A história não contada das bruxas de OZ.

É simplesmente excepcional, uma superprodução da Broadway baseada no best-seller do escritor Gregory Maguire. Cenografia, música, figurino e efeitos especiais que não deixam nada a desejar para quem conhece os espetáculos exibidos em Nova York.

Visitando a exposição O Mundo de Tim Burton

Quando o MIS (Museu da Imagem e do Som) anunciou que essa exposição viria para São Paulo, não pensamos duas vezes, ficamos esperando abrir a venda de ingressos no site, até colocamos um lembrete no celular para não perder o prazo. Compramos em Janeiro para ir em Março 😮

Tim Burton é um cara que chamamos de gênio maluco, que faz algumas coisas que você olha e fala “hein?” e tem outras que você ficando pensando “o cara é um gênio mesmo”.

Visitando a exposição A Turma do Chaves – Vila Oficial

Difícil encontrar alguém que nunca tenha assistido o seriado do Chaves. Quando era criança lembro que nas férias gostava de assistir a maratona de episódios e depois ficava repetindo as famosas frases “ninguém tem paciência comigo”, “foi sem querer querendo”, “Ai que burro, dá zero pra ele”, “Tá bom, mas não se irrite” entre tantas outras.

E nesse último Domingo tivemos a oportunidade de visitar a Vila Oficial da Turma do Chaves, que está em exposição lá no Memorial da América Latina. São apenas 25 minutos para visitar a vila, mas é tempo suficiente para trazer boas lembranças e curtir de perto um pouquinho da história que marcou gerações.

A Map for Saturday – documentário sobre viagens de mochilão

O post anterior (E aí você descobre que viajar não é coisa só de rico!) foi uma crônica baseada em alguns fatos reais. Não era sobre nenhum de nós, mas ao mesmo tempo era. Poderia ser a sua história (ou não), mas com certeza é a história de alguém que você conhece.

Talvez, só falar que “viajar é para todos” não basta, às vezes é preciso algo que sirva de inspiração, algo como um documentário sobre viagens de mochilão.

Teste de QI para viajantes

Quer testar seus conhecimentos de viajante?

O Traveler IQ Challenge, do site TravelPod, além de testar seus conhecimentos e ser um ótimo passatempo, ainda ensina um pouco mais sobre geografia e pontos turísticos.

Funciona assim: você clica no Start e o jogo te mostra uma cidade + país. Basta você clicar no mapa, no local mais próximo possível dessa cidade. Depois o jogo mostra outra cidade e o jogo continua.