Roteiro das festas de outubro em Santa Catarina

Se você gosta de festas e festivais, vai gostar de conhecer as festas de outubro em Santa Catarina. Nós fizemos um roteiro por três das festas mais conhecidas no estado, a Oktoberfest Blumenau, a Fenarreco em Brusque e a Marejada em Itajaí.

Então, bora contar sobre essa viagem que foi muito boa e deixou saudade.

Como chegar em Santa Catarina

Como moramos em São Paulo, na cidade de São Caetano do Sul, e tínhamos só o final de semana para aproveitar as festas de outubro, fomos de avião para Santa Catarina. Desembarcamos no aeroporto de Navegantes, que é o mais próximo das festas, e alugamos um carro para nos locomover entre as cidades sem ficar dependendo de horário de transportes locais.

Você pode voar para Florianópolis também, mas fica a mais de 2 horas de carro de Blumenau. Então você precisa analisar se o preço da passagem aérea, transporte até as cidades e tempo de deslocamento valem a pena.

Oktoberfest Blumenau

Como deixamos para reservar o hotel mais perto da viagem (30 dias antes) não conseguimos hotel em Blumenau e acabamos ficando na casa do meu irmão em Camboriú. Então fica a dica pra você se programar com bastante antecedência para curtir as festas de outubro, pois é bem difícil conseguir hotel em Blumenau durante a Oktoberfest.

Mas antes de ir para a festa, aproveitamos para passear um pouco pela cidade, onde um dos pontos altos é a arquitetura germânica.

Passeios em Blumenau

De Camboriú para Blumenau, levamos mais ou menos 1 hora de carro. Fomos direto para o centro histórico da cidade, mais precisamente para o Museu da Cerveja (afinal de contas era Oktoberfest, né).

O Museu da Cerveja fica na praça Hercílio Luz, abre das 9h às 17h (fim de semana das 10h às 16h) e a entrada é gratuita.

Aqui conhecemos a guia Rejane, muito simpática e devidamente vestida com traje típico alemão. Ela nos convidou para assistir um vídeo sobre a história de Blumenau e da festa. Um vídeo curto, mas que conta a essência do lugar.

Ficamos ainda mais curiosos e fomos conversar com ela, que nos ofereceu fazer um tour guiado a pé pelo centro histórico de Blumenau.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Aceitamos. O passeio leva em torno de 1h30 e nada melhor do que conhecer a história de um lugar com quem é dali, né.

Pagamos R$ 10,00 por pessoa e saímos para o tour. Passamos pelos principais pontos do centro histórico e fomos conhecendo não só a história da cidade, mas também algumas curiosidades.

Praça Hercílio Luz

Começamos com a vista para o rio Itajaí-açu, ali da praça mesmo, por onde chegaram os primeiros imigrantes como o Dr. Blumenau. Não vamos contar toda a história aqui, vamos deixar para a Rejane te contar lá em Blumenau. Vamos só mostrar os lugares que visitamos, tá.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Fundação Cultural

Do outro lado da rua, em frente a praça, conferimos a arquitetura da fachada da Fundação Cultural, um prédio de 1875, que foi sede da colônia e Palácio da Justiça.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

E depois fomos conferir seu interior e visitamos uma exposição.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Museu de Hábitos e Costumes

Um pouco mais a frente está o Museu de Hábitos e Costumes. Do lado de fora tem uma pequena praça com banco, algumas flores e essa linda pintura na parede.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Alameda das palmeiras

Seguindo o passeio, passamos pelas famosas palmeiras imperiais, que ficam na Alameda Duque de Caxias. Não resisti e fiz uma pose de blogueira. Gostaram? 😀

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Museu da Família Colonial

Depois da parada para fotos, atravessamos a rua e fomos até o Museu da Família Colonial, onde encontramos casas originais da colonização alemã.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Cemitério dos gatos

Neste mesmo espaço está o cemitério dos gatos. Achamos muito interessante, pois nunca ouvimos falar. Ok, aqui precisamos te contar um pouquinho sobre a história, desculpa Rejane, mas precisava compartilhar 😀 .

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

O cemitério dos gatos foi criado por Edith Gaertner, descendente do fundador da cidade Dr. Blumenau. Ela foi uma atriz famosa na Europa e voltou ao Brasil para cuidar de seus irmãos que estavam doentes. Se afastou da profissão, viveu reclusa da sociedade e tinha muito amor pelos gatos.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Ela vivia rodeada de gatos, tinha 6 ou 7, e a cada falecimento, ela preparava um funeral cheio de rituais, com cortejo e enterro no quintal de sua casa.

E as pessoas que sabiam disso acabavam trazendo seus gatos para serem enterrados ali também.

O cemitério chegou a receber mais de 70 gatos, mas com as enchentes ficaram apenas alguns poucos.

Contamos o resumo, a Rejane conta os detalhes para vocês lá em Blumenau 😉

Mausoléu Dr. Blumenau

Saindo pela Fundação Cultural e atravessando a rua fica o Mausoléu Dr. Blumenau, inaugurado em 1974, ano que que foi comemorado os 150 anos da imigração alemã no Brasil.

E este lugar foi construído em homenagem ao fundador da cidade, Dr. Bruno Otto Blumenau, e sua família.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Praça Dr. Blumenau

Andando um pouquinho, atravessando uma ponte, encontramos mais uma homenagem ao Dr. Blumenau. Uma praça que leva seu nome, onde ficava sua estátua (que hoje está na entrada do Mausoléu).

Nessa praça tem um totem com informações sobre as enchentes de 1983 e 1984. Na última, o nível da água neste ponto chegou a 4,31 metros, o que causou grande destruição na cidade. Foi dessa enchente que surgiu a festa de outubro mais famosa do estado, a Oktoberfest.

Rua XV de Novembro

Essa é uma das ruas mais movimentadas de Blumenau. Muitas vezes passamos olhando para a arquitetura que é muito bonita e para as lojas, mas dificilmente olhamos para o chão.

Então a Rejane nos levou no início da rua, esquina com a rua Nereu Ramos, e nos pediu que olhássemos para o chão e para o prédio a nossa frente.

Não descobrimos o que ela queria mostrar. Então ela nos contou que o prédio estava desenhado no chão, nas lajotas da rua em cores escuras e um pouco mais claras, como se fosse uma sombra. Genteee, muito legal.

Se ela não falasse, acho que nunca teríamos percebido. E ela nos disse que muitos blumenauenses também não sabem. Tem outros prédios assim nessa rua, até chegar no relógio de flor da prefeitura.

Museu da Cerveja

E terminamos o tour no Museu da Cerveja, onde tudo começou. Ah, sim! Não contamos sobre o museu, né.

Como o nome diz, o museu fala sobre a história da cerveja em Blumenau. Tem alguns objetos desde os que eram usados para produzir a cerveja até os cartazes de propaganda.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Nós adoramos o tour com a guia Rejane, então recomendamos. Se você quiser fazer o passeio com ela também, manda um e-mail para combinar o dia e horário (acave@iexitus.org). Depois volta aqui e nos conta como foi.

Almoço no restaurante Moinho do Vale

Já era quase 14h e a fome apertou. Então atravessamos o rio e fomos conhecer o famoso restaurante Moinho do Vale.

É fácil de acha-lo pois tem um moinho na entrada e também uma réplica do primeiro barco utilizado no rio Itajaí-Açu, que trouxe muitos imigrantes que chegavam no porto de Itajaí.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

O restaurante tem opção de buffet ou a la carte, mas no dia que fomos estavam servindo apenas o buffet. Que é muito bem servido, com variedade grande de saladas, pratos quentes, sobremesas e algumas opções de pratos típicos alemães.

Tem mesas dentro ou na varanda, que é a mais concorrida pela bela vista para o rio e o centro histórico da cidade.

O preço não é dos mais baratos, mas pela qualidade e variedade de comida que é oferecida, vale a pena. O buffet custa R$ 58,90 por pessoa.

Endereço: Rua Porto Rico, 66 – Bairro Ponta Aguda. Site: www.restaurantemoinhodovale.com.br.

Prefeitura de Blumenau

Não poderíamos deixar de visitar a prefeitura de Blumenau, afinal de contas é uma construção enxaimel e um símbolo da cidade. Então, logo depois do almoço fomos direto para a lá.

Encontramos um letreiro com a escrita em alemão que dizia “Eu amo Blumenau”.

Se você não tirar uma foto ali, você não foi pra Blumenau hehehe.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

A Oktoberfest

E depois de visitar a prefeitura o tempo fechou, o céu ficou escuro e a chuva estava chegando.

Decidimos ir para a Vila Germânica e aproveitar a festa mais esperada do ano, a Oktoberfest, pois já não daria para continuar a visitar outros pontos de Blumenau.

Chegamos debaixo de chuva, que parou só lá pelo fim do dia, bem na hora da galera chegar para a festa. Acho que São Pedro também curte uma Oktober.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Ah! Sobre a Oktoberfest Blumenau você pode ler tudo neste link aqui e também sobre outras opções de passeios na cidade neste outro link aqui.

Programe sua viagem com antecedência. Pesquisamos os hotéis para o ano que vem e vimos que alguns já não tem mais disponibilidade. Se você tá pensando em ir para as festas de outubro em Santa Catarina, confira já no site do Booking as opções e preços de hospedagem, no Expedia os voos e hospedagens, e no site da RentalCar as opções e preços de carro para alugar.

Fenarreco Brusque

Saímos da casa do meu irmão lá pelas 9h da manhã e fomos para Brusque. A cidade fica a 44 km de Camboriú e levamos em torno de 1 hora para chegar. É a mesma distância se tivéssemos nos hospedado em Blumenau.

Nosso objetivo era visitar mais uma das festas de outubro, a Fenarreco, mas a cidade é muito conhecida pelos turistas como polo têxtil, ou polo da moda. Por isso é um destino para comprar roupas com preços bem acessíveis.

Compras

Então, bom turistas que somos, não poderíamos ignorar essa experiência de compras, né. E nossa primeira parada em Brusque foi na Fip e Stop Shop, que ficam um enfrente ao outro.

Duas dicas importantes são: Ir com calçado e roupas bem confortáveis para andar o dia todo, ainda mais se você for provar as roupas. E fazer o pagamento em dinheiro, se possível, pois tem desconto.

FIP – Feira da Moda

A FIP – Feira da Moda tem mais de 200 lojas. A maioria, uns 90%, são de roupas, mas também tem acessórios, calçados, cama, mesa e banho. Tem poucas marcas conhecidas, a maioria são confecções da cidade e alguns que até produzem para marcas como Colcci, Calvin Klein e outras que não vou ficar fazendo merchan aqui 😛 .

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

As lojas tem opções para todos, moda masculina, feminina, infantil e bebê. Encontramos desde peças básicas como camisetas brancas até as que estão na moda.

E uma coisa legal que observamos, é que tem também todos os tamanhos, desde PP até XGG.

Dá pra montar o guarda-roupa lá, pois tem desde meias até ternos e vestidos para festa.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Endereço: Rod. Antônio Heil, km 23, 3800 – Bairro Santa Terezinha, Brusque – SC . Site: fipnet.com.br. O estacionamento é pago.

Stop Shop – O Ninho da Moda

O Stop Shop tem menos lojas que a FIP. Não encontrei a informação sobre o número exato, mas deve ser em torno de 80 lojas.

Aqui também a maioria são de roupas, muito mais opções de moda feminina e infantil. Tem loja só de jeans, pijamas, roupa para academia, vestidos e algumas de acessórios e cama e banho.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Os preços variam muito, mas encontramos peças de R$ 10,00, R$20,00, R$ 30,00 até R$ 300,00. Talvez tenham peças mais baratas e bem mais caras. Por isso, tem que pegar o mapinha, anotar as lojas que você gostou e andar bastante.

Endereço: Rodovia Antônio Heil, 635 – Bairro Santa Terezinha, Brusque – SC. Site: www.stopshop.com.br. O estacionamento é gratuito.

#FicaDica

E se cansar, os dois shoppings tem banquinhos nos corredores, mas são bem disputados. E tem restaurantes, lanchonetes, banco 24h e toda infraestrutura para ficar o dia inteiro fazendo compras.

Tem que ir com tempo e paciência, pois tem muitas lojas. Algumas são ponta de estoque, então precisa olhar com calma se não tem defeitos nas peças. Outras lojas fazem preço de atacado se levar X número de peças, então você pode combinar e ir com uma amiga e ganhar um descontinho. Assim sobra um dindin pra comprar mais 😛 .

Almoço no restaurante Vô João

Como já contei aqui, eu morei alguns anos em Brusque, então aproveitamos a ida para a cidade e encontrei meus amigos do colégio.

E fomos almoçar juntos em um dos melhores restaurantes da cidade. Fica um pouco longe da FIP e StopShop, mas a comida vale a pena.

O lugar parece um sitio e existe desde 1985. Tem uma estrutura grande para estacionamento, um lago pequeno, passeio de charrete, redes para deitar depois do almoço e outras atividades.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

É servido um buffet de comida caseira, feita no fogão a lenha. Nossa, só de lembrar deu até vontade.

A base da gastronomia é a alemã e italiana. Encontramos opções de massas artesanais, arroz, mandioca, carnes, saladas, sobremesas e mais um monte de coisa que nem lembro, tinha muita opção.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

E o salão é tão bonitinho, super agradável. Nós pagamos R$ 35,00 por pessoa o buffet livre e R$ 7,00 cada suco.

Endereço: Rua Santa Cruz, 311 – Águas Claras, Brusque – SC. Site: www.restaurantevojoao.com.br. Eles tem um restaurante mais perto do centro, que fica na Rua Pedro Werner, 129 – Jardim Maluche, que é buffet também.

De volta as compras

Depois do almoço, voltamos para a FIP e Stop Shop para terminar as compras 😀 e lá pelas 17h fomos para o Hotel Monthez, que é um dos ícones da cidade e que também pode ser uma boa opção se você não conseguir hotel em Blumenau para a Oktober.

Fenarreco

Descansamos um pouco os nossos pés e fomos aproveitar a Fenarreco, uma das festas de outubro mais legais que já fomos. Confira tudo sobre essa festa aqui.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Programe sua viagem com antecedência. Pesquisamos os hotéis para o ano que vem e vimos que alguns já não tem mais disponibilidade. Se você tá pensando em ir para as festas de outubro em Santa Catarina, confira já no site do Expedia e do Booking as opções e preços de hospedagem e vôos, e no site da RentalCar as opções e preços de carro para alugar.

Marejada Itajaí

E no dia seguinte, voltamos para Camboriú para pegar meu irmão e cunhada e fomos para Itajaí, cidade vizinha que fica uns 15 km distante, mais ou menos 30 minutos de carro.

De Brusque para Itajaí dá uns 35 km, mais ou menos 40 minutos de carro.

Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Roteiro das Festas de Outubro

Fomos direto para a Marejada almoçar, pois estávamos todos com fome. E mesmo assim, não conseguimos comer tudo o que queríamos. Confira tudo sobre a festa neste link aqui.

Acabamos não passeando pela cidade, pois aproveitamos o resto da tarde para visitar minha família em Camboriú e Itapema.

Mas a cidade tem alguns pontos turísticos bem interessantes, algumas praias e a igreja matriz no centro. Na próxima vez a gente se programa para te contar.

Programe sua viagem com antecedência. Pesquisamos os hotéis para o ano que vem e vimos que alguns já não tem mais disponibilidade. Se você tá pensando em ir para as festas de outubro em Santa Catarina, confira já no site do Expedia e do Booking as opções e preços de hospedagem e vôos, e no site da RentalCar as opções e preços de carro para alugar.

Esse foi o nosso roteiro por 3 das muitas festas de outubro de Santa Catarina. Quer um conselho? Considere a ideia de ir na Fenarreco na sexta e na Oktoberfest no sábado, ao contrário do que nós fizemos. Achamos que assim seria melhor e aproveitaríamos para ver o desfile da Oktoberfest que normalmente acontece nos sábados, na rua XV de Novembro.

Dica sobre o aeroporto de Navegantes

O legal de encerrar esse roteiro pelas festas de outubro na Marejada, é que você já está pertinho do aeroporto. É só ir até o ferry boat, que fica uns 700 m da festa, atravessar o rio e andar mais uns 3 km. Calcule uns 35 minutos, pelo menos.

E lembre de chegar com bastante antecedência no aeroporto se você for devolver o carro alugado. Nós levamos uma hora nesse processo, pois demorou para abastecer o carro no posto e depois demorou para nos atenderem na locadora. Tinha fila para devolver o carro.

No aeroporto de navegantes a estrutura é pequena, mas atende bem o volume de passageiros. Nos atenderam bem no restaurante e na lanchonete, ambos no piso superior. E ainda dá pra ficar vendo os aviões decolarem e pousarem.

 

Festas e Festivais – Marejada em Itajaí, Santa Catarina

Olá, gente!

A Marejada acontece em Itajaí e é mais uma festa de outubro em Santa Catarina pra vocês incluírem no roteiro de Festas e Festivais de vocês, principalmente se vocês gostam de peixes e frutos do mar.

Então deixa a gente te contar um pouquinho sobre essa festa e como foi a nossa experiência.

Origem da Marejada

Assim como a Fenarreco, a Marejada foi inspirada na Oktoberfest e sua primeira edição aconteceu em 1986, mas com um tema que faz homenagem a cultura açoriana, muito presente em Itajaí.

O objetivo, além de angariar fundos para ações e projetos sociais da cidade, era também o de preservar a história e as tradições açorianas. Ao longo dos anos as etnias italiana e alemã se integraram a festa, pois também foram colonizadores que contribuíram para a construção e desenvolvimento da cidade.

Hoje a festa, que está na sua 31ª edição, mostra a multiculturalidade atual da cidade, mas o foco é a gastronomia com pratos que tem como base o peixe e frutos do mar.

Onde acontece a Marejada

Itajaí é uma cidade do litoral de Santa Catarina, pertinho de Navegantes, onde fica o aeroporto mais próximo para chegar em destinos conhecidos como Balneário Camboriú e Blumenau.

Do aeroporto até Itajaí, é só pegar um táxi e atravessar o ferry boat, ou dar a volta no rio pela BR-101.

 

A primeira vez que fomos na Marejada o ano era 2  mil e pouco e era em um espaço simples, com uma tenda enorme, um palco pequeno e bem menos opções de comida.

Esse ano a festa aconteceu no Centro de Eventos de Itajaí, que conta com três pavilhões. Ficou bem melhor assim, principalmente para os dias de chuva.

Pavilhão Gastronomia

O Pavilhão Gastronomia é o maior dos três pavilhões e conta com várias mesas e bancos para sentar e se deliciar com as gastronomia local.

Falando em gastronomia, ao contrário da Oktoberfest que atrai pelos shows, a Marejada é muito mais voltada a comida. E tem muita coisa gostosa, pelo menos tudo que provamos estava gostoso demais.

 

Aqui é onde acontecem as apresentações culturais e alguns dos shows mais populares da festa.

E também onde estão os artesanatos com peças bem interessantes e lembrancinhas que você pode levar pra família toda.

 

Pavilhão Sardinha na Brasa

O Pavilhão Sardinha na Brasa, que é um dos pratos de destaque da festa, é esse espaço ao ar livre. Muito lindo a noite quando as luzes são acessas.

Nós decidimos sentar nessa área para almoçar, mas São Pedro não colaborou dessa vez e tivemos que ir para o pavilhão gastronomia que é coberto.

 

Do lado esquerdo tem uma área com uma tenda, onde tem um palco com música ao vivo e onde são preparadas as sardinhas na brasa, camarão e outros petiscos. Por estar mais perto dos pontos de comida, essa área é a primeira que enche.

Pavilhão Tasca

O Pavilhão Tasca é um restaurante de comida portuguesa, onde os visitantes são atendidos por garçons. Bom para quem quer mais tranquilidade por ser mais vazio e mais longe dos palcos. As vezes é legal ter um certo toque de atendimento personalizado em uma festa popular.

 

Mesmo sem comer aqui, você pode entrar para passar pelo salão e ir dar uma olhada no rio que passa logo atrás.

A gastronomia na Marejada

A identidade da cidade está relacionada ao rio, ao mar, ao porto e consequentemente a profissão do pescador. Itajaí faz parte do maior pólo pesqueiro do Brasil e a pesca é uma das principais fontes de renda da população.

O moradores são carinhosamente apelidados de “pexêros”.

 

E consequentemente o forte da gastronomia local são pratos com base no que o rio e do mar oferecem: peixe e frutos do mar.

Por isso, não poderíamos deixar de provar alguns desses pratos. São vários, mas não dá pra comer tudo, né minha gente.

Essa é a sardinha na brasa (R$ 12,00 por 5 sardinhas) e o bolinho de bacalhau (R$ 4,00 cada). Para comer a sardinha a sujeira é inevitável, pois tem que meter a mão mesmo. Então já pegue bastante guardanapo.

Fomos algumas vezes nessa festa, mas nunca tinha provado a sardinha (me julguem :P) e esse ano provei… delícia.

Provem porque é gostoso. Quero mais. Onde tem em São Paulo?

Ah, o bolinho de bacalhau é o melhor do Brasil, coma sem medo de ser feliz.

 

Porção de camarão empanado frito (R$ 40,00) é outra coisa que gosto muito (depois do sorvete e da jabuticaba). Esse estava bem sequinho e saboroso, quase comi tudo sozinha.

 

Essa é uma coxinha de bacalhau (R$ 8,00), dica dos leitores Ana e Marcelo (@Anas2marcelo) que comentaram lá no instagram (@MeLevaDeLeve) que era imperdível. Bem crocante por for e dentro macia e super recheada de bacalhau. Valeu gente pela dica <3

 

E de sobremesa provamos doces portugueses, o pastel de belém (R$10,00) e outro que não lembramos o nome. Os doces estavam bons, mas poderiam estar mais quentinhos.

 

Acostumei mal lá na Quinta do Olivardo que serve o doce feito na hora, quentinho e com toque de canela.

Queria ter provado o pirão, mas depois de tudo isso, não cabia mais nada. Próxima vez não vou tomar café da manhã :P.

Cultura açoriana

Durante a festa acontecem várias apresentações que buscam resgatar a cultura açoriana, como os grupos folclóricos que apresentam as danças típicas regionais.

Esse grupo chama Mixirica e é lá de Bombinhas, uma cidade do litoral que fica perto de Itajaí.

 

Tem também tem a apresentação do Boi de Mamão, que é como uma brincadeira de interpretação. Com danças, cantorias e fantoches (bonecos grandes) o grupo conta a história da morte e ressurreição do boi. Vale a pena conferir.

Fica a dica

# Se prepare para comer muito peixe e frutos do mar.

# Se não curte peixe e frutos do mar, tem a opção de food trucks com hambúrguer e outros lanches.

# Vai ter fila para comer, principalmente no horário comum de almoçar e jantar, então já se prepare ou vá mais cedo.

# Tem cerveja e chopp também.

 

Marejada em Itajaí

Endereço: A festa acontece no Pavilhão de Eventos de Itajaí (Avenida Ministro Victor Konder, 303).
Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de Navegantes. De lá até Itajaí são só 6 km e as opções de transporte no aeroporto são: alugar um carro (a partir de R$ 135,00 por dia), táxi (aproximadamente R$ 26,00). Caso você queira ir de forma econômica, você precisará ir de táxi (aprox. R$ 16,00) ou andar 30 minutos até o ferry boat (não há ônibus do aeroporto ao ferry boat), atravessar o rio de ferry boat como pedestre (R$ 1,30) e do outro lado do rio, já na cidade de Itajaí, caminhar 1 km.
Dias e Horários: 5 a 15 de outubro de 2017. Dias de semana – 18h à 0h. Finais de semana e feriado – 11h à 0h.
Ingressos: Entrada gratuita.
Estacionamento: Gratuito nas ruas próximas.

Fiquem ligados aqui no blog, e nas redes sociais, pois já escrevemos sobre a Okotberfest Blumenau e a Fenarreco e está para sair o roteiro das festas de outubro em Santa Catarina.

Onde ficar hospedado em Brusque – Hotel Monthez

Agora em outubro nós fomos a Brusque para participar da Fenarreco, que é uma das festas de Outubro de Santa Catarina, e nos hospedamos no Hotel Monthez, que fica bem pertinho da festa.

A viagem foi do nosso projeto Festas e Festivais, onde contamos nossas experiências em festas típicas e grandes festivais, que acontecem no  Brasil e no exterior. Passamos também pela Oktoberfest Blumenau e pela Marejada em Itajaí, num final de semana super divertido e cheio de calorias.

A cidade de Brusque fica cerca de 40 km de Balneário Camboriú e 35 km de Blumenau. É um destino muito procurado para compras, já que a cidade possui centenas de confecções e lojas de fábrica. Vale a pena reservar um tempinho (ou um dia todo) para visitar os shoppings rsrs.

E a Fenarreco é uma festa típica de cultura e gastronomia alemã onde o prato principal é o marreco recheado. Huuum, delícia.

Hotel Monthez

Localização

Para ficarmos bem localizados para a festa e as compras em Brusque, escolhemos o Hotel Monthez, pois ele fica em frente ao pavilhão da Fenarreco. Além disso o hotel é um dos ícones da cidade, está no alto de um morro e a vista é fabulosa.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Além de ficar pertinho dos centros de compra como Fip e StopShop e lojas como a Havan, fica a 1 hora de carro da Oktoberfest Blumenau. Com certeza não há outro hotel na cidade que seja tão bom assim nesses quesitos.

A recepção

Olha só que aconchegante a recepção do Hotel Monthez, com uma decoração germânica com as cores das festas de outubro de Santa Catarina.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Nós fizemos nosso check in lá pelas 17h. Foi super rápido e fomos muito bem atendidos, os funcionários do hotel são muito simpáticos e gentis.

O quarto

Nos hospedamos no quarto premier duplo casal, que tem vista para a cidade e tarifa de R$ 304,00 para 2 pessoas, com café da manhã.

O nosso apartamento tinha carpete (eu tenho alergia e não tive problema para dormir, não sei se foi do cansaço hahaha), ar condicionado, minibar, internet wireless com sinal e velocidade muito bons (não precisa cadastrar nem colocar senha S2), TV a cabo e mesa de trabalho.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

É um quarto confortável, com espaço bem amplo. Não sei se todos os quartos duplos do Monthez são assim, mas a nossa cama era duas camas de solteiros juntas. Nós não gostamos quando é assim, mas essa estava boa, sem aquele incômodo calombo no meio.

Tem uma mesa bem grande para quem precisa trabalhar, ou para espalhar a bagunça da mala hehehe. Também um roupeiro grande e apoio para colocar a mala.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Essa é a vista da janela do quarto para a cidade de Brusque. Linda né? Pena que o céu não estava azul.

O banheiro

O banheiro é bom e espaçoso, com secador de cabelo e amenities como sabonete, shampoo e condicionador. Nosso quarto não tinha banheira, mas o chuveiro estava uma delícia, a água esquentava bem e a pressão era forte.

Áreas de lazer

O hotel tem estrutura de lazer muito boa, com estacionamento próprio e gratuito, em que o único porém é que é descoberto e choveu…

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

A varanda é convidativa, os bancos ficam entre flores e tem vista privilegiada para a cidade. Pena que… choveu. Mas dá para apreciar a vista do restaurante ou da sala de TV.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Tem uma piscina externa bem legal também, pena que… choveu.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Mas tem outra piscina, interna e aquecida.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Tem também as salas de jogos com mesa para sinuca, carteado, ping pong e pebolim.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

São Pedro não colaborou com a gente nesse dia, quem sabe em uma próxima oportunidade, ms tem várias opções no hotel para dias de chuva, além dos shoppings para fazer compras hahaha.

O café da manhã

O café da manhã tem bastante opções, tanto para quem quer um café mais leve quanto para quem precisa de um café mais reforçado. Nós fizemos um meio a meio, nem tão leve e nem tão reforçado 😛

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

Tinha frutas, iogurtes, cereais, queijos brancos, sucos de fruta, detox, chá, café e etc.

Assim como também tinha várias opções de bolos e tortas regionais, pães, queijos e produtos coloniais da região. Quase um café colonial 🙂 Ah, também tinha manteiga, cream cheese e geleias.

Me Leva De Leve - Santa Catariana - Brusque - Hotel Monthez

E não poderia faltar ovos mexidos (delícia), pão de queijo (humm), bacon e parei por aqui, pois ainda iríamos almoçar na Marejada esse dia.

Mas deu pra entender que o café é completinho e gostoso, né.

Fica a dica

As tomadas em Santa Catarina são 220 volts, cuidado com os seus aparelhos eletrônicos.

Vale a pena se hospedar no Hotel Monthez?

Claro que sim. Além de se hospedar em um ícone da cidade, você terá uma vista linda, um bom atendimento e uma gastronomia é referência na cidade. No Trip Advisor é o hotel número 2 nas avaliações, e no Booking tem nota 8,6.

Hotel Monthez:
Endereço: Rodovia Antônio Heil 370 – Km 29 Centro Brusque – SC
Telefone: +55 (47) 3251-3717
Reservas: pelo booking aqui.Me Leva De Leve - Brasil - Santa Catarina - Brusque - Hotel Monthez

Festas e Festivais – Fenarreco em Brusque, SC

Olá pessoal,

A Fenarreco já acabou, mas ano que vem tem mais. Então anota essas dicas de mais uma festa linda para você colocar no seu roteiro de Festas e Festivais. Quando você for para o Oktoberfest Blumenau, não pode deixar de conhecer as outras festas das cidades vizinhas.

A Festa Nacional do Marreco, mais conhecida como Fenarreco, acontece em Brusque e também faz parte do calendário de festas de outubro de Santa Catarina, assim como a Marejada em Itajaí e a Oktoberfest em Blumenau, além de muitas outras.

Eu sou até suspeita para falar da festa, pois morei em Brusque dos meus 16 até 20 anos e adoro a cidade e as pessoas de lá, mas o Douglas pode confirmar que a festa vale muito a pena… 😉

Origem da Fenarreco em Brusque

A cidade de Brusque, assim como Blumenau, também foi assolada pela enchente de 1984 e decidiu seguir o exemplo da cidade vizinha e criar sua própria festa, que iniciou com a ideia de servir apenas almoço e jantar para os moradores e turistas, que vinham de Blumenau para provar a carne de marreco.

A primeira edição da festa foi em 1986 e deu tão certo que nesta mesma edição precisou ser reprogramada, pois os visitantes não queriam ir embora depois do jantar. Eles queiram aproveitar as bandas típicas alemãs e o chope. Por isso a festa se estende noite adentro desde então.

Hoje a festa está na sua 32ª edição e espera receber esse ano 150 mil pessoas.

Onde acontece a Fenarreco

A Fenarreco tem seu próprio espaço, que fica praticamente no início da cidade, aos pés do morro onde está o Hotel Monthez – onde ficamos hospedados – e se chama Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco
Pavilhão da Fenarreco vista do Hotel Monthez

Logo na entrada fomos recepcionados pela Sra. e pelo Sr. Marreco dando boas vindas. Eles estavam sentados em grandes barris de chope, que são as bilheterias da festa. Então, quando chegar lá, é só procurar por esses marrecos da foto para comprar seu ingresso e entrar na festa.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Pavilhão Cultural

Passando as catracas da entrada encontramos o pavilhão cultural, que é a estrutura montada para a festa. Nas laterais ficam as várias barracas de comida e bebidas, e ao centro ficam várias mesas e bancos, o que facilita para comer e dar aquela descansadinha.

Lá no fundo, fica o palco onde as bandas alemãs embala a festa com músicas típicas, também uma pista onde são feitas as apresentações culturais, e onde o pessoal dança e se diverte muito.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Entre o pavilhão cultural e o Biergarten tem mais barraquinhas de comidas e bebidas. É um espaço com mesas e cadeiras, mas não tem palco com música, então fica um pouco mais tranquilo… até as 21h, depois é difícil achar um espaço vazio 😛 .

Pavilhão Biergarten

O pavilhão Biergarten fica embaixo do pavilhão principal, e aqui foi onde encontramos os restaurantes das comidas típicas alemãs. Tem a opção de buffet livre ou prato que serve até duas pessoas, dependendo da sua fome, né.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

E aqui também ficam várias lojinhas de doces típicos, roupas, calçados e artesanatos feitos pelos moradores da cidade de Brusque. Olha só que gracinha essas lembrancinhas da festa.

Aqui também tem um palco, um pouco menor, mas não diminui a qualidade da música que embala os Fritz e Fridas que caem na dança. A pista tá vazia porque era cedo ainda, o pessoal estava começando a chegar e indo comer.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Pavilhão principal

O pavilhão principal abre as 22h e é onde a festa fica ainda mais animada. No início da escadaria que leva até o pavilhão, encontramos esse marreco orelhão 😛 legal, né? Tudo lá é temático.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Nesse pavilhão acontecem os concursos dos tomadores de chopp em metro e também é onde as bandas alemãs mais tradicionais fazem a festa até as 4h da manhã.

Nós não ficamos até encher o pavilhão, pois estávamos cansados de bater perna desde manhãzinha. Mas do hotel vimos a fila enorme que se formou às 22h, que dobrava o quarteirão.

E a música estava boa, hein. Na próxima vamos ficar até mais tarde na festa 😀

A gastronomia na Fenarreco

A gastronomia da Fenarreco é de pratos típicos da culinária alemã, mas também tem outras opções.

Marreco recheado

O prato principal e que dá nome à festa é o marreco recheado, pois é um prato típico da cidade, trazido pelos colonizadores alemães no início do século 19.

Na verdade na Alemanha o costume era comer carne de ganso, mas como no Brasil não existia, os colonizadores substituíram pelo pato de pequim, que é conhecida na região de Brusque como marreco. E esse prato era servido tradicionalmente nos clubes da cidade, em suas festas e eventos sociais, como uma iguaria.

Nós pagamos R$ 42,00 pelo prato que vem 1/2 marreco recheado assado, repolho roxo, chucrute, purê de batata, spatzle (macarrão alemão), raiz forte e mostardas amarela e escura. Na foto é meio feio, mas é gostoso.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Sobremesas

No pavilhão Biergarten o restaurante serve duas opções de sobremesa, a torta alemã (da foto abaixo) e Apfelstrudel (strudel de maçã). Qualquer uma delas custa R$ 10,00. Estava muito gostosa e deu pra dividir.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

As bebidas custavam entre R$ 4,00 (garrafa de água) até R$ 25,00 (combo germânia pilsen – 3 copos de chopp de 400ml cada).

Outros pratos tradicionais

Os outros pratos tradicionais da Fenarreco são as Salsichas (R$ 31,00), o Petisco Alemão (R$ 30,00), a Porção Marreco Crispy (R$ 30,00) e o Eisbein – joelho de porco (R$ 33,00).

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Buffet livre

Tem também a opção de buffet livre, que custa R$ 42,00 por pessoa e R$29,50 para crianças entre 5 a 9 anos. No buffet tem opções de frios, carnes, guarnições e saladas.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Mas se você preferir, tem as opções de batata recheada, lanches, porções e etc nas barraquinhas do pavilhão cultural, com preços a partir de R$ 10,00.

Shows da Fenarreco

Desde a primeira edição a festa passou por várias modificações, ganhou espaço próprio, recebeu bandas nacionais – como Capital Inicial – e voltou para seu formato original.

Eu frequentei a festa há alguns anos atrás e confesso a vocês que gostei muito mais da versão desse ano. Nos divertimos muito com as músicas tradicionais, tanto que nos pegamos cantando de vez em quando as músicas alemãs recém aprendidas.

As bandas alemãs tocaram valsas e marchinhas que colocaram o pessoal pra dançar. E não são só bandas de Brusque, mas de outras cidade do Brasil todo, como essa banda da foto que chama Banda 0800 e é lá de Maratá, no Rio Grande do Sul.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Olha a animação da galera. Todo mundo cantando, dançando e seguindo a coreografia. Foi muito divertido.

Lá no nosso Facebook e no Instagram tem um vídeo curto, mas dá pra você ter uma ideia da festa.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

No pavilhão cultural as apresentações são individuais ou em duplas, pois o palco é menor e o objetivo do pessoal que está naquela parte é comer, né.

E a festa maior acontece no pavilhão principal das 22h às 4h.

A programação da festa você encontra no site da prefeitura nesse link aqui.

Cultura alemã

Uma festa alemã, não poderia deixar de fora os concursos que deixam a festa ainda mais divertida e resgatam a cultura germânica.

Alguns dos concursos que acontecem são a corrida de tamancos, competição de serrar o tronco de madeira mais rápido, competição de quem bebe o chope em metro mais rápido e outras brincadeiras que os animadores realizam durante a festa remetendo as atividades e costumes dos colonizadores.

E sem falar nas apresentações de danças dos grupos folclóricos que dão um show a parte. Esse grupo é de Guabiruba, cidade vizinha de Brusque.

E o mais legal de tudo isso, é que essas atividades já estão incluídas no seu ingresso 😉

Fica a dica

# Quem usa roupa típica alemã paga metade do ingresso, mas tem que estar com o traje típico completo.

# Se você quer apenas aproveitar a culinária germânica e/ou levar a criançada para se divertir, o melhor horário é até às 20h30, quando ainda é fácil encontrar mesas e as filas são pequenas. Vai por nós, as filas são de dobrar o quarteirão.

# A festa começa a bombar mesmo lá pras 22h, quando começa o show no pavilhão principal, e a animação toma conta de todos. para evitar filas, chegue umas 21h e fique já lá dentro.

# Assim como a Oktoberfest, a Fenarreco não é só uma festa da cerveja e/ou do marreco, é uma festa que resgata as tradições, mantém viva a memória e mostra aos visitantes a cultura germânica.

# Tem estacionamento gratuito ao lado direito dos pavilhões. Vimos alguns policiais a cavalo, então deve ser tranquilo deixar o carro ali. Mas se preferir não arriscar, o estacionamento em frente dos pavilhões custa R$ 20,00.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Santa Catarina - Brusque - Fenarreco

Fenarreco em Brusque

Endereço: a festa acontece no Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Rua Gentil Batistti Archer, 221- centro II).

Como chegar: o aeroporto mais próximo é o de Navegantes. De lá até Brusque são 51 km, e as opções de transporte que você vai encontrar no aeroporto são: alugar um carro (a partir de R$ 135,00 por dia), táxi (aproximadamente R$ 150,00) ou táxi até a rodoviária de Itajaí (R$ 50,00) + ônibus (R$ 23,00).
Não sabemos se tem sinalização para chegar na festa, pois a gente já conhecia o caminho e nem procuramos placas. Mas fica a dica, se você for de carro, a rodovia se chama Antônio Heil, e assim que avistar o Hotel Monthez lá no alto do morro (lado esquerdo), fique de olho no seu lado direito, pois a fenarreco fica bem em frente ao hotel. Mas se você chegar na loja da Havan no seu lado esquerdo, quer dizer que você já passou a entrada da festa.

Dias: 5 a 15 de outubro de 2017.
Ingressos: Todos os dias da festa, das 11h às 17h a entrada é gratuita.
Nos dias 5, 8, 9 e 15 de outubro a entrada é gratuita o dia todo.
Ingresso (inteira): R$ 20,00.
Idosos (acima de 60 anos), estudantes e todos vestindo trajes típicos completos: R$ 10,00.
Passaporte para todos os dias da festa: R$ 100,00.
Estacionamento: R$ 20,00 carro e R$ 10,00 moto.

Fiquem ligados aqui no blog, e nas redes sociais, pois ainda tem dica sobre a Okotberfest Blumenau, Marejada e o roteiro das festas de outubro em Santa Catarina.

 

Festas e Festivais – Oktoberfest Blumenau, Santa Catarina

Amigos Fritz e Fridas, a partir de hoje temos aqui no blog uma nova seção chamada Festas e Festivais, onde falaremos desde festas típicas que acontecem aqui no Brasil até grandes festivais que acontecem aqui e em outros países.

E para começar, nada melhor do que uma das festas mais conhecidas do Brasil, que atrai gente do país todo (e até do exterior), a Oktoberfest Blumenau.

A Oktoberfest Blumenau, que é mais conhecida simplesmente como Oktober, faz parte do calendário de festas de outubro de Santa Catarina, que também inclui a Marejada em Itajaí e a Fenarreco em Brusque, além de muitas outras.

Fomos lá conferir, sem medo de falar alemão errado…

Origem da Oktoberfest Blumenau

Antes de ir para a festa, fomos turistar pela cidade de Blumenau e nossa primeira parada foi no Museu da Cerveja.  Claro, né, Blumenau tem tudo a ver com cerveja.

Aqui conhecemos a guia Rejane, que nos levou para conhecer o centro histórico e contou sobre a origem da Oktoberfest Blumenau.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Começando pelo começo. Oktober vem do idioma alemão e em português é Outubro, e fest quer dizer festa mesmo, então Oktoberfest significa simplesmente Festa de Outubro.

A Rejane nos levou até uma ponte de onde vemos o rio Itajai-açu, e ali ela nos contou que hoje a festa retrata alegria e felicidade, mas a origem dela foi bem diferente.

A festa foi criada em 1984 depois de uma grande enchente que assolou a cidade de Blumenau. A Rejane nos contou, apontando para até onde o nível de água chegou.

O objetivo da primeira festa foi levantar fundos para reconstruir a cidade e também unir a população. Deu super certo. 102 mil pessoas participaram da primeira festa, o que representava mais da metade da população da cidade.

E hoje a Oktoberfest Blumenau está na 34ª edição e é a segunda maior festa alemã do mundo com média de 700 mil pessoas por edição, atrás apenas da Oktoberfest de Munique, que reúne mais de 6 milhões.

Depois de dar uma volta pela cidade, lá pelas quatro horas da tarde, o tempo fechou e começou a chover, então o jeito foi ir para a festa.

Vila Germânica

A Oktober não seria a mesma sem a Vila Germânica e as suas charmosas construções em estilo enxaimel. Andamos pelos corredores das lojinhas com a sensação de termos sido transportados para a Alemanha, mesmo que por um breve momento.

A Vila Germânica funciona o ano todo, e não somente na Oktoberfest. Por isso caso você não esteja em Blumenau ou na região em outubro, programe-se em qualquer mês para almoçar no restaurante típico e visitar as lojas de souvenires.

Conhecemos algumas artesãs da cidade que fazem trabalhos a moda antiga, resgatando a cultura alemã, utilizando materiais tradicionais, com muito cuidado com a qualidade dos produtos. Tem artesanato típico, roupa de Fritz e de Frida, chapéus, camisetas, canecas de chopp, e muito mais.

A propósito: Fritz e Frida são nomes em alemão, mas na Oktober pode chamar os homens de Fritz e as mulheres de Frida, tá?

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Tem roupinha pra criança também. Olha esses babadores de Fritz e Frida.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

E esses gatinhos que são personagens da história de Blumenau.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

E um dos artigos que achamos bem interessante, foi essa miniatura de casa típica alemã, em estilo enxaimel. Além de ser um enfeite é um brinquedo para as crianças e para quem gosta de arquitetura, pois você monta exatamente com a mesma técnica das originais.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Ah! E além da área externa onde estão as lojinhas, tem também alguns restaurantes e uma praça de alimentação.

A gastronomia alemã

Nos restaurantes ou na praça de alimentação, encontramos várias comidas típicas. No restaurante o sistema é buffet livre. Na praça, cada Haus (casa) tem um tema específico, então fica bem fácil de encontrar o que você quer.

Aqui encontramos comidas típicas como o joelho de porco, a salsicha alemã, o chucrute e o apfelstrudel. Tem até hambúrguer e cerveja sem glúten. Encontramos opções pra todo mundo.

Tem a Bretzel Haus (Casa do Bretzel), Geflügle Haus (Casa das Aves), Glutenfrei Haus (Casa Gluten Free e Vegetariano), Enten Haus (Casa do Pato), Flammkuchen Haus (Casa da Pizza), Regional Haus (essa é fácil hein), Pommes Haus (Casa da Batata Frita), Lebkuchen Haus (Casa do Pão de Mel), Klops Haus (Casa do Pão com Bolinho), Kuchen Haus (Casa da Cuca, que é um tipo de bolo), Spätzle Haus (Casa do Macarrão Alemão), Kartoffeln Haus (Casa da Batata Recheada), Schwein’s Haus (Casa do Suíno), Waffel Haus (Casa do Waffel) e Wurst Haus (Casa da Salsicha).

O que nos surpreendeu positivamente foram os preços das comidas. Um valor bem aceitável por ser uma festa. Os preços variam de R$ 10,00 a 65,00, com muita coisa na faixa dos R$ 20,00.

Comemos uma porção de bolinho de aipim com recheio de salsicha Blumenau e aipim frito com bacon. Uma porção para nós dois custou R$ 15,00.

Shows da Oktoberfest

Ein prosit, ein Prosit, sô alemôn de Blumenau!

Zigue zague zigue zague hoy hoy hoy

Um barril de chopp é muito pouco pra nós. Dois barris de chopp é muito pouco pra nós. Três barris de chopp é muito pouco pra nós…

Não tem como não entrar no clima da festa, as músicas tradicionais da Oktober vão te pegar. Em cada pavilhão uma banda para animar o público, e eles são realmente bons, ninguém fica parado!

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Olha aí, até o Vovô e a Vovó Chopão entram na pista de dança.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Cada pavilhão tem sempre uma banda tocando e a programação de bandas vai das 18h até às 5h da manhã, de sexta e sábado.

A programação é divulgada lá na Vila Germânica, é só procurar por uns letreiros luminosos. Nós não conhecíamos nenhuma das bandas, então ficamos andando pelos pavilhões, ficando um pouco em cada, mas parece que o pessoal tem as suas bandas preferidas.

Ah, os pavilhões são chamados de setores 1, 2, 3 e Eisenbahn Biergarten.

Cultura alemã

Além dos shows nos palcos, assistimos grupos folclóricos que apresentam danças típicas que resgatam a tradição alemã.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

No final da apresentação, eles convidam o público para aprender a última dança. E é muito divertido.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Tem também o concurso Fritz e Frida, que elege os mais bonitos e tradicionais trajes típicos nos dias 10, 13, 17 e 20. Os vencedores participam do desfile oficial.

Nós encontramos muitas pessoas com esses trajes na festa, o que faz a festa ficar muito mais divertida.

Meta para o próxima Oktoberfest é irmos caracterizados e participar do concurso. Já pensou um japonês ganhando o concurso de Fritz??

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Não resistimos e pedimos para tirar foto de algumas pessoas. Olha que lindo esse grupo de amigos e a mãe com a bebe.

Vai dizer que não da vontade de colocar um traje típico também pra curtir a festa.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Qualquer visitante pode se inscrever nos concursos, que são anunciados durante a festa.

Tem o concurso de chopp em metro, onde ganha quem beber uma tulipa de 600ml de chopp em menos tempo. Tem competição de tiro, atividade muito popular na cidade. São 40 clubes de caça e tiro em Blumenau. Tem a corrida de Fritz e Frida, onde os participantes correm 2,5 km vestidos com roupa típica. E na praça de alimentação acontece o concurso de serrar tronco.

Tem bastante concurso para todos se divertirem, competindo e assistindo 🙂

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Desfiles oficiais da Oktoberfest Blumenau

Para completar a experiência, ou melhor, para começar, assista o desfile oficial da Oktober. Eles acontecem no centro da cidade, na Rua XV de Novembro.

Esse ano vai acontecer todas as quartas (às 19h30) e sábados (às 16h), desde o dia 4 até dia 21 de outubro.

O desfile é uma festa bem animada. São vários grupos de Blumenau e de outras cidades que participam apresentando coreografias, canções alemãs e distribuindo de chope.

[crédito: imagem divulgação]

Além de apresentar os mais malucos tipos de bicicleta, como a famosa centopeia.

Nós acabamos não assistindo, infelizmente, pois já estávamos em Brusque. Mas sugerimos que você se programe para estar na cidade no dia do desfile.

Os tipos de chopp da Oktoberfest

Blumenau é a capital nacional da cerveja, então na Oktoberfest tem sabores para todos os gostos: para quem só quer beber mesmo, e também para quem quer apreciar as notas, os amargores, os aromas e os teores alcoólicos.

[crédito: imagem divulgação]

Entre eles estão: American IPA, American Lager, Australian Pale Ale, Belgian Blond Ale, Belgian Strong Golden Ale, Belgian Witbier, Dark Lager, Double IPA, English Bown Ale, German Weizenbier, Gose, International Pilsen, München Dunkel, Munich Helles, Saison, Tradicional Bock e Vienna Lager.

Os preços variam entre R$ 5 e 11. Já escolheu a sua?

Fica a dica

# Quem usa roupa típica alemã paga metade do ingresso. Tem que estar de acordo com a descrição abaixo. Mas a Frida pode se vestir de Fritz e o Fritz pode se vestir de Frida. 😉

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

# Se você quer apenas aproveitar a culinária germânica e/ou levar a criançada para se divertir, o melhor horário é até às 20h30, quando ainda é fácil encontrar mesas e as filas são pequenas.

# A festa começa a bombar mesmo lá pras 22h, quando os pavilhões ficam lotados e a animação toma conta de todos.

O mais legal que percebemos é que a Oktoberfest não é só uma festa da cerveja, é uma festa que resgata as tradições, mantém viva a memória e mostra ao país todo o folclore germânico. A cerveja vem junto, mas para boa parcela dos visitantes, ela é secundária.

Oktoberfest Blumenau

Como chegar: o aeroporto mais próximo é o de Navegantes. De lá até Blumenau são 58 km, e as opções de transporte que você vai encontrar no aeroporto são: alugar um carro (a partir de R$ 135,00 por dia), táxi (R$ 215,00) ou ônibus (R$ 55,00).
Ingressos: Entrada gratuita nos dias 4, 9, 16 e 22 de outubro.
Domingos, terças, quartas e quintas-feiras (exceto véspera de feriado e feriado) R$ 12,00.
Sextas, véspera de feriado e feriado R$ 30,00.
Dia 13 e sábados R$ 40,00.
Meia entrada: menores de 18, estudantes, jovens de baixa renda, professores, maiores de 60 anos, portadores de deficiências e acompanhantes, doadores de sangue e medula óssea.
Traje típico: visitantes vestidos com traje típico completo não pagam entrada de domingo a quarta-feira (exceto feriado e véspera de feriado). Pagam meia entrada de quinta a sábado, feriado e véspera de feriado.

Fiquem ligados aqui no blog, e nas redes sociais, pois ainda tem dica sobre a Fenarreco, Marejada e o roteiro das festas de outubro em Santa Catarina.

Me Leva De Leve - Festas e Festivais - Brasil - Santa Catarina - Blumenau - Oktoberfest Blumenau

Rafting em Ibirama – SC

 

Ainda lembro bem das aulas de ecoturismo da universidade. A teoria, embora às vezes chata, era muitas vezes bastante interessante. Foi lá que começamos a aprender sobre o perfil dos turistas de aventura.

Mas a história do post é outra, é de uma das viagens técnicas do curso. Metade da sala fez a viagem do acampamento com rafting em Ibirama-SC. A outra metade fez caminhada com caiaque oceânico em Bombinhas-SC.

Beto Carrero World, diversão e adrenalina em Santa Catarina

Visitamos o Parque Beto Carrero World, na cidade de Penha, litoral catarinense, e mais uma vez comprovamos que sonhar não é besteira.

Gramado – Diário de Viagem – dia 6 (visita a Torres e Laguna na volta)

 

Gramado, diário de viagem – dia 6 (07 de janeiro de 2013)

Acordamos cedo para tomar café da manhã, carregar o carro e cair na estrada. Nosso plano era conhecer os cânions Fortaleza, Malacara e Itaimbezinho, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina. Mas como a previsão do tempo era chuva, preferimos não arriscar e pegamos a estrada sentido litoral para pegar a BR-101. Assim resolvemos que iríamos parar em Torres-RS e Laguna-SC.

Ano Novo em Balneário Camboriú

Já se passaram os primeiros dias de 2013, mas ainda dá tempo de falar de Réveillon, não é? Este ano nós passamos a virada para o ano novo em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. E você, passou onde?

Sempre que possível passamos a virada nesta cidade, não só por ter alguns familiares morando aqui ou por termos morado por muitos anos nesta praia maravilhosa, mas pela energia positiva que este lugar nos passa, também pelas suas belezas naturais e por ser um destino que nos faz sentir em casa.

Mirante do Encanto – Itapema

 

Que o litoral catarinense é maravilhoso todos já sabem. E agora, todo o encanto das praias da cidade de Itapema pode ser visto do alto, de bem alto. Para ser exato, de 156 metros do nível do mar.

Oktoberfest? Blumenau é muito mais do que cerveja

A Oktoberfest está chegando!!

A festa alemã mais famosa do Brasil nasceu em 1984, está na 29ª edição e hoje é a 2ª maior festa alemã do mundo, atrás apenas da festa original de Munique na Alemanha.

Como chegar de avião em Balneário Camboriú

Será que vai dar praia? Vai sim! Se você está lendo esse post, é porque você quer conhecer Balneário Camboriú, certo?

Em posts anteriores, falamos sobre a cidade, sobre como chegar à cidade de Balneário Camboriú de carro e de ônibus. Hoje vamos começar a falar como chegar de avião, pelo Aeroporto de Navegantes (outros aeroportos próximos estão em Joinville e Florianópolis).

Como chegar a Balneário Camboriú de carro

 

Chegar a balneário Camboriú de carro é fácil. O acesso à cidade é feito pela BR-101, não importa se você vai do Rio Grande do Sul ou do Paraná.

As praias de Balneário Camboriú

 

Quando você pensa em litoral sul do Brasil, qual praia vem à sua cabeça? Balneário Camboriú, se não for a primeira resposta, pelo menos está entre elas, certo?