Gastos da viagem

Gastos da viagem: essa era uma das maiores dúvidas que tivemos quando estávamos planejando a viagem.

Sabíamos que viajar pela Ásia era barato. Mas quanto?!?!

Lemos muitas histórias de viajantes extremamente econômicos. Também conseguiríamos?!?!

Pesquisamos bastante na internet, lemos guias de viagem e perguntamos também para outros viajantes independentes. Essas conversas foram muito importantes para ganhar confiança para encarar uma grande viagem pelo exterior.

Fizemos muitos amigos, que nos ajudaram a ter uma ideia do quanto gastaríamos na viagem. Aos poucos as nuvens de incertezas foram se dissipando e conseguimos traçar o orçamento. Mas tudo ainda era teoria para nós.

O mapa do mochilão foi 'espetado' muuuitas vezes em muuuitos lugares diferentes, até fecharmos o roteiro
O mapa do mochilão foi ‘espetado’ muuuitas vezes em muuuitos lugares diferentes, até fecharmos o roteiro

Conseguiríamos mesmo viajar gastando pouco??? Vontade não faltava, mas às vezes o orçamento previsto não condiz com a realidade e com as necessidades humanas que surgem ao passar do tempo na estrada.

Economizar por uma semana é possível. Dormir em hotéis simples (às vezes sujos e mal-cheirosos) é possível. Mas por quanto tempo?!?! Uma semana, duas, três.

Aguentaríamos por 132 dias?

Por causa disso, depois de feito o orçamento, acrescentamos alguns dólares por dia. Quando pensamos nos custos, devemos lembrar que, viajando ou não, temos o custo básico de alimentação. Portanto, para não desanimarmos ao calcular os custos de alimentação, devemos subtrair o custo que temos no nosso dia-a-dia quando não estamos viajando.

Feito isso, descobriremos que os gastos no sudeste asiático são quase iguais aos gastos em casa. Então…

Pesquisar o preço dos hotéis e alimentação é relativamente mais fácil do que pesquisar o preço dos transportes. Como saber quanto gastaremos com o transporte dentro das cidades para os passeios? É complicado.

Onde foi possível, andamos a pé! Onde foi possível, pegamos ônibus urbano. Onde foi possível, alugamos bicicleta. Incluímos o transporte no orçamento, mas foi um valor “chutado”.

Para economizar, usamos táxi só quando foi extremamente necessário.

Foi uma boa opção, pois se tivéssemos usado muito táxi, aconteceriam muito menos coisas interessantes no nosso dia-a-dia.

Para a nossa alegria a teoria se mostrou real! Realmente é barato viajar pelo sudeste asiático e pela Índia. Em Dubai, nem tanto, mas também é possível…

Nossos gastos ficaram dentro do orçamento, com exceção do imprevisto na chegada à Dubai.

Durante a viagem muitas pessoas entraram em contato conosco e sabem qual foi a principal dúvida? Os custos…

É por isso que iremos escrever um pouco sobre esse assunto aqui no blog.


Para planejar um mochilão na Ásia

Opções de hotéis para escolher e reservar agora pelo Booking. Confira aqui.
Opções de seguro de viagem, com comparativo de preços. Confira e contrate aqui.

Agradecimentos

 

O sonho é desde a infância e acreditamos que todos um dia já sonharam: Viajar o mundo.

Nós já sonhávamos antes mesmo de nos conhecermos.

Os anos passaram, crescemos, nos conhecemos e nossos sonhos se uniram. Decidimos passar do sonho para a realização.

Dia 131 – 19/11: Dubai Museum e um pouco mais de Bur Dubai

Acordamos cedo para passear no bairro Bur Dubai. Passamos pelas mesquitas Ali Bin Abi Taleb e Grand Mosque.

Mesquita
Mesquita

Não pudemos entrar pois a entrada de não-muçulmanos não é permitida nas mesquitas dos Emirados Árabes Unidos. A única exceção é a mesquita Jumeirah.

Dubai Museum

Visitamos o Dubai Museum que funciona, em parte, no Al Fahidi Fort. O Al Fahidi Fort foi construído em 1787 para proteger a cidade de Dubai de invasores e tornou-se museu em 1971.

Me Leva de Leve - Viagem Dubai 131 (3)

A forma como as informações são passadas prende muito nossa atenção. Há bonecos de cera representando o cotidiano comercial, doméstico, no deserto e no mar. Barcos remetem ao passado de exploradores de pérolas e pescadores. Painéis mostram a cultura dos beduínos, os antigos habitantes da península arábica.

Reprodução de uma casa da vila de pescadores da antiga Dubai
Reprodução de uma casa da vila de pescadores da antiga Dubai

Acreditamos que este foi o melhor museu de toda a viagem. Se todos fossem assim…

Bastakia Quarter

Almoçamos no Basta Café, que tem cara de ser caro, mas é bem acessível, comparando com os preços de Dubai. Esse café fica no Bastakia Quarter, uma área de muitas construções típicas, as antigas casas com “torre-de-vento”. Essas torres são construídas de forma que, independente da direção do vento, ela conduz o vento para dentro das casas…

Torre dos ventos
Torre dos ventos

Voltamos pela beira do Dubai Creek e passamos pelo Bur Dubai Souk, onde há muitos costureiros e lojas de roupas.

Continuamos pela beira do rio e vimos que a água é muito limpa e o fundo é de areia clara.

Rio Dubai Creek
Rio Dubai Creek

Hoje o Sheikh Juma al-Maktoum House estava fechada e o Heritage & Diving Villages só abriria às 16:30. Como ainda eram 14:00, voltamos ao hotel e deixamos o passeio de lado.

Descansamos um pouco no hotel e no começo da noite fomos ao Burjuman Centre atrás de uma livraria. No mapa parecia bem perto, mas andamos bastante. Compramos alguns livros sobre os Emirados Árabes Unidos e sobre a cultura da península arábica.

Voltamos logo pois já estava combinado de irmos jantar com a Carola e o Evandro.

Chamamos um táxi que estava passando e o motorista fez sinal para irmos ao ponto de táxi do shopping. A fila do táxi estava enorme!! Parece que os moradores de Dubai usam muito esse transporte.

Às 21:30 fomos comer Shawarman com nossos anfitriões.

Shawarman delicioso com ótima companhia de nossos amigos
Shawarman delicioso com ótima companhia de nossos amigos

Shawarman é um lanche de carne cortada em pequenas fatias com verduras em um pão fino. A carne fica em um grande espeto para assar e o cozinheiro vai cortando aos poucos as partes bem passadas e montando os lanches.

Para acompanhar pedimos Hamus e salada. O Hamus é uma espécie de maionese com gosto único. É tudo muuuuuuuuito bom!!!!

Na volta, passamos em frente ao Jumeirah Mosque para algumas fotos.

Me Leva de Leve - Viagem Dubai 131 (7)

Chegamos no hotel e ficamos arrumando a bagagem para nosso último vôo de avião dessa viagem.


Para planejar o seu roteiro nos Emirados Árabes:

Opções de hotéis em Dubai para escolher e reservar agora pelo Booking. Confira aqui.
Opções de voos para Dubai para escolher e reservar agora pela Viajanet. Confira aqui.
Opções de seguro de viagem, com comparativo de preços. Confira e contrate aqui.